Não se assuste, os gringos são assim! São só diferenças culturais

Por 04/08/2015Cultura

Todos nós sabemos que diferenças culturais existem, mas quais são as diferenças culturais que mais podem chocar os brasileiros? Conheça aqui algumas delas!

 

Quando você se compromete a viajar para um país novo durante um intercâmbio, está ciente de que vai encontrar uma cultura completamente diferente da brasileira ao chegar. Por mais que você se prepare, sempre existirão algumas diferenças culturais que podem te pegar de surpresa.

 

O que você verá nesse post:

1)     Que a maneira com que você se apresenta pode variar, dependendo da pessoa com quem está falando;

2)     Que o espaço pessoal de cada um deve ser respeitado;

3)     Porque a limpeza das casas pode ser diferente;

4)     Porque os banhos devem ser curtos;

5)     O que você deve fazer com o papel higiênico;

6)     O que você pode esperar de uma refeição em uma residência;

 

Introduções

No Brasil, o beijo na hora das apresentações é completamente normal. Já fora do nosso país a situação é outra. Os beijos são reservados para familiares e amigos muito próximos, e quando são dados, dá-se apenas um. Abraços também são só para a família e bons amigos. Beijos nunca são dados em situações de negócios!

O aperto de mão é a maneira mais usada ao se cumprimentar as pessoas e é sempre a escolha mais segura. Um aperto firme é bom, mas não se surpreenda se o que receber de volta não for. Não leve isso como uma ofensa! Para muitas pessoas, mesmo esse contato breve, já ultrapassa a zona de conforto delas (veja abaixo mais sobre a personal bubble).

Em algumas situações, talvez, nem um aperto de mão será usado. Por exemplo: um amigo seu que é gringo te apresenta a um outro amigo, que também é gringo. Nessa situação, é perfeitamente normal ninguém se mexer e apenas trocarem um “Hello, nice to meet you” . Mais uma vez, não se ofenda! É completamente normal!

 

Personal space

No Brasil abraçamos, beijamos e tocamos as pessoas quando as conhecemos e enquanto conversamos com elas. Mesmo com quem não temos muita intimidade. Já fora do Brasil as pessoas gostam de ter o que chamamos de personal space. Imagine que cada pessoa tem uma bolha em volta dela e que você não pode entrar nessa bolha. Isso faz com que deixem pelo menos 30cm de espaço entre uma pessoa e outra. Claro que as regras podem mudar um pouco em algumas situações. Pubs cheios, shows de música, transporte público na hora do rush, são algumas delas. Mas, mesmo assim, as pessoas fazem um grande esforço para não encostarem em quem não conhecem.

 

A limpeza das casas

São poucas as pessoas fora do Brasil que tem alguém para limpar sua casa. A faxina é, quase sempre, feita pelos donos da casa. Por esse motivo sempre querem diminuir ao máximo a quantidade de trabalho. É comum ter que tirar os sapatos quando entrar em uma casa, diminuindo a quantidade de sujeira. Se você estiver em um lugar com esse hábito, deixe o sapato ao lado da porta e entre de meias ou descalço.

Também não se surpreenda se achar o estilo de limpeza das casas diferente daqui. Como são as pessoas que limpam as próprias residências, essa tarefa acaba sendo feita uma vez por semana ou uma vez a cada duas semanas, e de um modo muito mais rápido do que seria feito se tivessem alguém dedicado somente à faxina.

 

Banhos

Muitas pessoas já tiveram problemas enquanto ficavam em casa de família por conta de banhos longos e algumas podem se ofender ao ter alguém batendo na porta do banheiro, avisando que já está na hora de desligar o chuveiro. Fora do Brasil, especialmente em lugares de grandes secas como a Austrália e alguns estados nos EUA, a consciência com o uso e desperdício de água é muito grande. A água não é vista como um recurso infinito e todos contribuem para economizar. Muitas pessoas param de lavar o carro, os jardins não são mais aguados e você nunca verá alguém lavando uma calçada. Uma boa dica é levar um pequeno relógio para o banheiro e ficar de olho nele: um banho de 5 minutos está bom! Dez já começa a ficar longo demais e nem pense em chegar aos 15 minutos.

 

Papel higiênico

Na maior parte do mundo o papel higiênico é jogado direto no vaso sanitário após ser usado. Não se preocupe com a possibilidade de causar um entupimento, a menos que você utilize o papel higiênico com muito entusiasmo!  A lixeira que está no banheiro serve para todo o resto: lenço de papel, fio dental, algodão, cotonete, produtos de higiene pessoal, etc.

 

Refeições

As refeições fora do Brasil são servidas de um jeito diferente principalmente na quantidade de comida. Normalmente elas são preparadas tendo-se em mente uma porção de cada item para cada pessoa. Então, se a refeição é para 4 pessoas, você verá 4 pedaços de bife ou frango na mesa, por exemplo. Se esse for o caso, comece se servindo com uma porção de cada coisa e só repita após todos terem se servido também. Em algumas casas o prato pode ser montado pela dona, com um pouco de cada item preparado. Nesse caso, normalmente, também é a dona da casa que oferece e serve qualquer comida a mais.

Esse costume existe porque as pessoas querem desperdiçar o mínimo de comida possível e não por serem “pão duras”.

 

Existem milhares de diferenças culturais e seria impossível escrever um post descrevendo todas. Lembre-se sempre que a maior parte dos estrangeiros vai olhar pra vc como sendo diferente também. Não se assuste com as diferenças. Ao contrário, curta e aprenda com elas!