Você sabia que as agências deveriam te informar que…

Por 20/07/2015Planejamento

Quando você fecha um intercâmbio com uma agência, você sabe o que eles deveriam te informar? Fique sabendo para poder cobrar deles!

 

Então, você finalmente está pesquisando as possibilidades para seu intercâmbio! Mas você sabia que há varias coisas sobre isso, que as agências deveriam te informar? Essas informações vão muito além do: “essas são as escolas disponíveis” e “esse é o preço”. E são, muitas vezes, cruciais para o estudante, podendo fazer uma grande diferença no aproveitamento dele durante o intercâmbio.

 

O que você verá neste post:

1)     O que a agência deve te informar sobre o pagamento do seu intercâmbio;

2)     Quais as informações ela deve te passar sobre escolas, cursos oferecidos e diferentes tipos de acomodação;

3)     Os tipos de visto que você pode solicitar e também as regras de imigração do país;

4)    As leis que existem no país de destino e que são completamente diferentes do Brasil;

 

Formas de pagamento

“Como faço para pagar o meu intercâmbio?”. Provavelmente, essa é uma das primeiras perguntas feitas pelos estudantes quando decidem estudar fora. Uma boa agência vai te informar quais formas de pagamento são aceitas aqui no Brasil e no destino escolhido, quantas parcelas poderão ser feitas e se o financiamento é aceito.

Para saber mais sobre as formas de pagamento aceitas pela Academia de Intercâmbio clique AQUI

Escolas

Além de falar das escolas disponíveis e seus programas, as agências devem te informar sobre o perfil da escola. Por exemplo: onde está localizada (mapas, proximidades de pontos de ônibus, trem, metro e etc), o tamanho da escola (estrutura, número de estudantes por sala de aula e escola), as facilidades disponíveis  (biblioteca, sala de computador, refeitório, etc), o perfil de nacionalidade dos alunos, o material fornecido (livros ou xerox) e o nível dos professores (native speaker). Com essas informações você poderá ter mais certeza de que está escolhendo uma escola que se encaixa no seu perfil.

A Academia de Intercâmbio representa inúmeras escolas em vários destinos do mundo, para ver quais são clique AQUI

Cursos

Quais  cursos disponíveis e os preços (General English, preparatório para IELTS, Cambridge, EAP, cursos Técnicos, Bacharelado, Pós Graduação, Mestrado, Doutorado) de cada um deles, são duas coisas muito importantes. As informações devem incluir: duração do curso, nível, horas de aula por semana e custo total. Assim como o nível de inglês exigido para ingressar em  cada um. Essas informações são importantes para o seu planejamento financeiro e também para se ter a certeza de que está fazendo o curso certo para seu nível de inglês.

Se você quiser saber mais sobre cursos rápidos clique AQUI

Se quiser saber mais sobre cursos combinados (e.g.: idioma + gastronomia, idioma + musica) clique AQUI

Se quiser saber mais sobre cursos com turismo clique AQUI

Acomodações

Escolher em que tipo de acomodação você vai ficar faz uma grande diferença no seu bem estar durante o intercâmbio. Ainda mais quando você está inseguro em relação a localização, alimentação, transporte, etc. As agências devem informar sobre as diferentes opções. Por exemplo: casa de família, residência estudantil, backpackers, hotéis. Onde estão localizadas, sua estrutura  (O quarto é privativo? O banheiro e cozinha são divididos?), qual a melhor opção para cada perfil e idade, e o preço. A agência também deve te informar o que você deve fazer se quiser trocar de acomodação.

Para saber mais sobre acomodações clique AQUI

Vistos

Nem todos os cursos requerem o mesmo tipo de visto. Dependendo do destino, você pode utilizar um visto de turista para cursos rápidos. Cursos com duração maior já exigem um visto de estudante. Sabendo qual visto é o melhor para o seu curso, você economizará dinheiro, por não ter tirado um visto desnecessário.

Para saber mais informações sobre vistos nos destinos da Academia de Intercâmbio clique AQUI

Regras de imigração

Sabendo o visto que você vai precisar, as agências devem te informar sobre as regras impostas sobre aquele visto. Por exemplo: quantas horas por semana você pode trabalhar, quantas horas/aulas você precisará fazer, se você pode entrar e sair do país com o seu visto e se o visto poderá ser renovado. Ter o seu visto cancelado por não ter frequentados as aulas (infelizmente, existem inúmeros casos de cancelamento do visto por falta de frequência nas aulas) ou ser barrado no aeroporto porque você não sabia que seu visto não dava direito a  múltiplas entradas no país, não é nada legal!

Leis do país de destino

Alguns países tem leis que são bem diferentes do Brasil e as agências tem o dever de informar sobre elas. Por exemplo: em alguns países, como nos Estados Unidos, a idade para beber e/ou comprar álcool pode variar do Brasil ou, em outros lugares, como no Oriente Médio ou na Ásia, as regras culturais ou leis sobre public displays of affection (beijos, abraços, etc em publico) também são diferentes. A agência também deve informar quem você pode contatar caso tenha algum problema com a polícia durante seu intercâmbio.

 

O que você viu neste post:

1)     Que existem muitas opções na hora de pagar pelo intercâmbio e uma agência deve te informar sobre todas elas

2)     Que cada escola, curso e tipo de acomodação é diferente e com as informações da agência você poderá fazer a escolha que vai ser melhor para você

3)     Que há diferentes opções de vistos e regras de imigração que acompanham cada um deles e que as informações da agência podem gerar economias para você

4)     Que cada país é único e que uma agência deve te informar sobre qualquer lei fora do normal do seu país de destino.